TRATAR DA ARVORE DO VIZINHO

986-545-arvare_vizinho
Nossa vida entra no automático e nem percebemos que as energias que transitam à nossa volta, se alteram sistematicamente de acordo com o que pensamos, falamos ou agimos.
Mesmo sabendo de cor a história, isto não quer dizer que colocamos tudo na prática, ou mesmo que usamos em nós o nosso conhecimento.
Tratar da árvore do vizinho, fica muito mais fácil, do que da nossa.
Ignoramos as raízes, não regamos nossas folhas e nem ao menos, nos prestamos a colher nossos frutos.
E somente iremos dar conta da perda, quando os mesmos já podres, enriquecem o solo.
Na carestia, sentimos falta da abundância que nos provê.
Nem ao menos compreendemos que tudo na vida faz parte de um ensinamento, onde a dificuldade em assimilar, pode ocasionar a repetição da lição, até ficarmos aptos a evoluir, e
entender os estágios que a vida faz com que passemos.
Mas lembrem-se; ninguém passa, sem precisar reciclar a vida.
Chegamos ao ponto de não entender que a doença surge, simplesmente pelo fato de não termos percebido o que nossa alma desejava.
O que nosso corpo pedia.
Viver pela Matrix, é viver pela ilusão. Um eterno conto de fadas.
Ter consciência de si mesmo, do mundo que te cerca, é o começo da percepção de si mesmo.
Do auto conhecimento que nos abstém de continuarmos a viver na ignorância.
“Eu mereço viver em eterna comunhão, com toda energia positiva que a divindade dentro de mim me proporciona”.
Eu, você e Deus, somos Um.
Agora…
Simbora colocar em prática, tudo aquilo que nossa alma deseja.
Magaly Delgado
Autora do livro Despertar a Reintegração dos Filhos da Luz.

RECOMENDAMOS

VINTE SERVIÇOS QUE O VERDADEIRO ESPIRITISMO FAZ POR VOCÊ.

DOUTRINA ESPÍRITA E A FALTA DE ESTUDOS

PARENTES DIFÍCEIS E O ESPIRITISMO